O que é Private Label

Atualizado: 3 de fev.



O que é Private Label ? Private Label é um tipo de terceirização da produção, em que uma empresa contrata outra para o desenvolvimento de um produto com o seu nome.

Conhecido também como marca privada ou marca secreta, o private label é um modelo de negócios bastante específico. Nele, uma empresa varejista com loja física ou virtual, contrata e paga para um fabricante produzir um determinado produto. Esse produto é fabricado, depois, vendido com sua etiqueta.

Ou seja, mesmo que não tenha produzido o determinado produto, pode solicitar que este seja fabricado de uma maneira diferenciada, utilizando matérias-primas ou uma fórmula específica, por exemplo. Assim, pequenas empresas podem realmente vender algo exclusivo e diferenciado no mercado.

Em outras palavras, um produto private label é fabricado por uma empresa e vendido por outra. Assim, a empresa de varejo revende essa peça como se fossem seus. Esses produtos de marca própria podem ser adquiridos exclusivamente pelos consumidores.

Como funciona esse modelo?

O funcionamento do modelo é simples. Como você já sabe, ela consiste na contratação de um fabricante para produzir produtos para outra empresa. Na sequência esses bens são vendidos em suas lojas como objetos exclusivos da marca.

Quais as vantagens do private label para as empresas?

O modelo de private label pode ser vantajoso para o dono da marca. Afinal, ele pode comercializar diversos produtos com a sua marca sem que seja necessário investir em uma estrutura para a produção dos mesmos (aluguel de imóvel, energia elétrica, contratação e despesas com empregados, know how, despesas administrativas e contábeis e outras).

Ou seja, o detentor da marca se preocupa em focar no marketing e nas vendas e não em fabricar um produto, que muitas vezes não tem conhecimento para fazer com qualidade e eficiência.



Tenha em mente que, quando uma loja vende produtos com marca própria, poderá ter margens de lucros maiores do que na venda de bens de outras marcas. Isso significa que o lucro pode ser superior, mesmo com o pagamento dos produtores.

Além disso, os bens podem ter valores mais atraentes para o consumidor. Os detentores de uma marca vendem diversos produtos da sua marca, que costumam ser mais acessíveis. Normalmente, esses produtos são fabricados pelo sistema de private label.


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo